Por nicolas.satriano
Imagem do PM vazou na internetFoto de leitor

Rio - Um cabo do 33º BPM (Angra dos Reis) é alvo de duas investigações da Corregedoria da PM: uma pelo próprio batalhão onde é lotado, e outra pelo Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), pelo qual dava expediente em uma escola e foi fotografado abraçado à uma aluna, de 16 anos, em atitude suspeita de assédio.

As fotos em que ele aparece conversando e abraçado a adolescente foram divulgadas em redes sociais ontem. Segundo a corporação, o cabo foi identificado e afastado das ruas e os procedimentos poderão resultar em Inquérito Policial Militar, no qual se apura se houve crime. Em nota, a Secretaria Estadual de Educação informou que a direção do colégio solicitou o afastamento do policial, segunda-feira passada. A direção informou ainda que, no mesmo dia, convocou os responsáveis da estudante a comparecer à escola.

Você pode gostar