Por tiago.frederico

Rio - Um tiroteio na favela do Feijão, no bairro Paraíso, em São Gonçalo, terminou com a morte de um policial militar. O confronto ocorreu na madrugada deste domingo. A PM ainda não divulgou o nome do policial pois o serviço social da corporação ainda não informou a família da vítima.

O soldado chegou a ser levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, mas morreu após chegar ao local. Agentes do Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar (PM) tentam identificar o nome do traficante que baleou o policial. 

Na noite da última sexta-feira, um policial do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) foi baleado com dois tiros, durante uma blitz no quilômetro 20 da RJ-104, na altura de Marambaia, no mesmo município.

LEIA: PM é baleado em blitz na RJ-104, em São Gonçalo

Segundo o batalhão, o sargento, identificado apenas como Ferreira, participava de uma operação na rodovia, por volta das 21h30, quando ocupantes de um Onix branco passaram por duas viaturas. Ao perceber a atitude suspeita deles, o PM ordenou que o motorista parasse. Tiros então foram disparados de dentro do carro, baleando o militar. Os bandidos fugiram no sentido Manilha.

Ferreira foi ferido no pescoço e no tórax. Inicialmente, o policial foi socorrido no posto de saúde de Itaboraí, mas depois foi transferido para o Hospital Estadual Alberto Torres. O estado de saúde dele era considerado estável, na manhã deste sábado, e ele não corria risco de morrer. O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara).

Você pode gostar