Corpus Christi é celebrado em vários pontos do Rio

Celebração da Eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo, acontece hoje em alusão à Quinta-feira Santa

Por O Dia

Rio - Milhares de fiéis se reuniram nesta quinta-feira para a celebração de Corpus Chirsti no Rio. Uma das tradições que não pode faltar, é a dos os tapetes preparados pelos próprios fiéis para a passagem da procissão. Os desenhos, que esbanjam criatividade, dão ênfase em temas escolhidos anualmente. Mas, o que dá o toque especial mesmo ao trabalho, é a utilização dos mais diversos materiais, como sal, serragem e pedras coloridas, borra de café, flores e areia. Para os católicos, a festa é o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo.

Na cidade do Rio, o tapete de sal é realizado na Catedral, na Avenida Chile, Centro, e na paróquia de São Francisco Xavier, na Tijuca, Zona Norte, onde os trabalhos começaram a ser feitos na última segunda-feira e foram concluídos na última quarta. Uma procissão passou nesta quinta, pelas ruas do bairro, e após, uma missa foi realizada às 10h, na Igreja de Sant’Ana, presidida pelo cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta.

Fotogaleria: Fiéis se reúnem para confecção dos tradicionais tapetes de sal

Tapete de sal em celebração a Corpus Christi no Centro do RioOnofre Veras / Parceiro / Agência O DIA

Para o coordenador dos tapetes de Corpus Christi, padre Leandro Lenin, participar da procissão é sinal e testemunho do Senhor que vem ao encontro de Seu povo. “Todos são convidados a estarem presentes para levar Cristo ao lugar mais central da vida da cidade. Interessante também, é fazer uma reflexão sobre por que o Senhor passa pelas ruas. Caminhar com Jesus é uma grande alegria. Isso dá esperança e nos alivia muitas vezes. Jesus está conosco. Queremos ser surpreendidos, não só pela beleza de Jesus, mas por aquilo que nossos irmãos vão preparar no chão da Catedral, que são os tapetes”, comentou.

Em São Gonçalo, Região Metropolitana, onde é considerado existir o maior tapete da América Latina, a confecção reuniu fiéis durante toda a madrugada. Eles ficaram de 22h da última quarta-feira até às 5h desta quinta-feira. Participaram da ação 25 Paróquias e foram utilizados 60 toneladas de sal, 300 sacos de serragem, corante e pó de café. Às 8h, uma missa foi realizada em a Igreja Matriz de São Gonçalo, seguida de uma procissão por cima dos tapetes, que foi tomou parte da extensão da rua Coronel Moreira César, no Centro da cidade. O tema deste ano foi Eucaristia, Vida Consagrada e também Um Ano de Paz. A programação de Corpus Christi teve missa celebrada pelo arcebispo Dom José Francisco Rezende Dias.

Fiéis usaram 60 toneladas de sal para confecção dos tradicionais tapetes de rua que marcam o caminho da procissão de Corpus Christi%2C nesta quinta-feira%2C em São GonçaloFabio Gonçalves / Agência O Dia

Em Niterói, a preparação para a procissão de Corpus Christi aconteceu na manhã desta quinta-feira. Desde cedo, fiéis se reúnem na Avenida Ernani do Amaral Peixoto, no Centro, para composição dos tapetes de rua. Dentro da programação do município está prevista uma missa ao ar livre para às 16h, em frente à Câmara de Vereadores.

Ainda nesta quinta-feira, acontecerá uma procissão no Centro do Rio; a concentração será na Igreja da Candelária, no Centro, às 15h30, quando os fiéis celebrarão as Vésperas e, em seguida, a procissão sairá em direção à Catedral de São Sebastião, na Avenida Chile. Na Catedral, o arcebispo cardeal Orani João Tempesta, dará a bênção do Santíssimo Sacramento e, logo após, presidirá a Santa Missa, às 17h.

Fiéis confeccionam tradicionais tapetes de rua no Centro do RioOnofre Veras / Parceiro / Agência O Dia

Reportagem: Vinícius Amparo

Últimas de Rio De Janeiro