Missas e os tapetes de sal marcam o Corpus Christi no Grande Rio

Dom Orani celebra missa na Catedral

Por O Dia

Rio - Além dos tradicionais tapetes de sal em diversas ruas da cidade, uma procissão no Centro marca o dia de Corpus Christi no Rio de Janeiro. A concentração está marcada para a Igreja da Candelária, às 15h30. Em seguida, os fiéis percorrerão as avenidas Rio Branco, Almirante Barroso até a Chile, onde, na Catedral, o Cardeal Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, dará a bênção do Santíssimo Sacramento.

Na Tijuca, na Igreja São Francisco Xavier, também haverá duas missas, às 10h e às 18h. No local também poderão ser observados os tapetes de Corpus Christi. As tradicionais pinturas coloridas também serão montadas aos pés da escadaria da Igreja Nossa Senhora da Penha. No bairro da Zona Norte, às 8h, haverá uma missa no santuário e, após a celebração, os fiéis sairão em procissão pelo Largo da Penha

Em São Gonçalo, será realizada a Santa Missa, às 8h, em frente à Igreja Matriz. Depois, haverá uma procissão que percorrerá as ruas cobertas pelos tapetes de sal, que se estendem por mais de dois quilômetros. Em Niterói, a confecção das pinturas de Corpus Christi no chão começa às 7h e fecha quase toda a Avenida Amaral Peixoto, no Centro da cidade.

Tempo bom para o feriadão

Os cariocas terão tempo bom para aproveitar o feriadão prolongado de Corpus Christi. De acordo com o Climatempo, não deve chover no Rio, pelo menos, até domingo. Hoje, a previsão é de que a temperatura máxima chegue a 30 graus e a mínima, a 15.

Amanhã, a previsão é de nevoeiro pela manhã e sol, com nuvens, à tarde. A máxima deve atingir 31 graus e a mínima, 14. No sábado, a temperatura sobe e a máxima prevista é de 32 graus e, no domingo, 33.

Na estradas, a expectativa das concessionárias que operam as rodovias de acesso ao Rio é de que mais de 1 milhão de veículos deixem a cidade de hoje a domingo. A Polícia Rodoviária Federal opera esquema especial para o feriado.

Colaborou Vinícius Amparo

Últimas de Rio De Janeiro