Para serem devolvidas aos donos, bicicletas são catalogadas em DP

Força-tarefa envolvendo agentes da 10ª DP (Botafogo) e integrantes de comissão de ciclismo identifica 74 bicicletas

Por O Dia

Rio - Encostadas há tempos nos fundos da 10ª DP (Botafogo), 74 bicicletas roubadas e apreendidas na área da delegacia podem voltar para seus donos. É que desde esta quinta-feira dados sobre elas estão sendo inseridos no www.bicicletasroubadas.com.br através de uma parceria dos policiais da 10ª DP com integrantes da Comissão de Segurança no Ciclismo.

Nesta quinta-feira, a delegada-adjunta da 10ª DP, Carla Ferrão acompanhou o cadastramento das bicicletas na delegacia feito por um grupo de dez voluntários. O projeto foi batizado de “Achei minha magrela”. Para procurá-la na internet, a vítima deve clicar na área chamada Bicicletas recuperadas na 10º DP, criado especialmente para esse projeto. Ali, estão todas as informações como cor, tamanho, marca, modelo, entre outras características das magrelas roubadas.

Força-tarefa de agentes da 10ª DP com ativistas pretende devolver bicicletas roubadas aos legítimos donosCarlo Wrede / Agência O Dia

“Ficamos impressionados quando chegamos aqui com o número de bicicletas apreendidas e criamos um e-mail (10dpbotafogo@gmail.com) para receber informações sobre elas. Chegaram muitas fotos, mas infelizmente não conseguimos devolver nenhuma ainda. Então, surgiu a ideia dessa parceria”, explicou a delegada-titular da 10ª DP, Bárbara Lomba, que assumiu a unidade há um mês e meio.

Com o projeto, a delegada pretende também aprimorar os registros de roubo de bicicletas inserindo mais dados no sistema da polícia sobre elas facilitando sua recuperação e devolução ao dono. O projeto pode ser também implantado em outras delegacias do estado.

No site os ciclistas que tiveram suas bicicletas roubadas também podem inserir fotos e informações sobre elas. Na página há ainda dicas de como e onde os ladrões agem e estatísticas sobre roubos de bicicletas em todo país. A página é pioneira no Brasil sobre o assunto e existe há 14 anos.

A mobilização em torno dos perigos que rondam os ciclistas no Rio tomou proporção após a morte do médico Jaime Gold, morto a facadas na Lagoa, no último dia 19. Três menores suspeitos do crime estão apreendidos. A bicicleta dele não foi recuperada.

Lei que tipifica crime de roubo de bicicleta vai ajudar

Na última terça-feira, uma votação na Alerj aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que tipifica o crime de roubo de bicicletas, que passará a entrar nas estatísticas de Segurança Pública assim que for sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão. A proposta dos deputados Martha Rocha (PSD) e André Ceciliano (PT) também cria um cadastro estadual de bikes recuperadas e inclui o estímulo à identificação de bicicletas pelos proprietários. Além disso, as lojas serão obrigadas a fornecer a nota fiscal com o número de série dos equipamentos.

“Esse projeto é muito importante porque é uma demanda da sociedade. A Comissão de Segurança no Ciclismo me procurou assim que eu assumi o mandato”, disse a deputada Martha Rocha.

As medidas tomadas pelas autoridades foram motivadas pela multiplicação de casos de ataques a ciclistas. Em maio, um estudante de Arquitetura e Urbanismo conseguiu filmar o assalto que sofreu, no Aterro do Flamengo, e levou as imagens para a polícia.

www.bicicletasroubadas.com.br

Últimas de Rio De Janeiro