Pelas Ruas: Força na peruca

Jornalista Christina Martins idealizou a exposição Força na Peruca, em cartaz até o dia 26 de julho no Caixa Cultural

Por O Dia

Rio - Ela já foi símbolo de poder para reis e juízes, item de rituais religiosos e moda. Hoje, a peruca tem um novo e importante significado, e é fundamental no resgate da autoestima de pacientes com câncer. Pensando nisto, a jornalista Christina Martins idealizou a exposição Força na Peruca, em cartaz até o dia 26 de julho no Caixa Cultural. São obras em torno do tema cabelos e perucas, dos artistas Anna Bella Geiger, Alfa Siqueira, Batman Zavareze, Bruno Veiga, Cabelo, Denise Araripe, Denise Moraes, Gabriela Gusmão, Guilherme Secchin, Jefferson Svoboda e Toz.

Pela orla

O passeio pela orla, que vai do Aterro do Flamengo, começando do Museu de Arte Moderna, até a mureta da Urca, onde a galera desfruta de cervejinha gelada e dos pastéis do Bar Urca, é uma das melhores opções para quem quer aproveitar esse solzinho de outono em dias tão lindos. Por esse circuito, pode-se apreciar uma das vistas mais bonitas, cartão postal do Rio de Janeiro. É uma ótima opção para os amantes das caminhadas ou das pedaladas, pois há ciclovia de uma ponta a outra.

No circuito%2C pode-se apreciar uma das vistas mais bonitas%2C cartão postal do Rio de JaneiroPublius Vergilius

Junina gigante

O bloco Gigantes da Lira faz seu arraiá no dia 28 de junho, véspera de São Pedro, no Circo Voador, Lapa. Além das tradicionais barraquinhas de brinquedos e prendas, comidas típicas e da quadrilha coletiva, vai ter casamento na roça encenado por palhaços e acrobatas. E o público é quem vai escolher a noiva. Contando também com a participação da criançada e dos pais, haverá no palco batalha de trava língua e adivinhações. O ‘forró assoprado’, com triângulo, zabumba, trompetes, tuba e outros metais, estará sob a batuta do maestro Edimar.

Além das tradicionais barraquinhas de brinquedos e prendas%2C comidas típicas e da quadrilha coletiva%2C vai ter casamento na roça encenado por palhaços e acrobatasFred Vreuls

Cinema e pipoca

O cinema é a inspiração da próxima edição do Retoke Bazar, amanhã na Lapa. #RETOKEPIPOCA vai apresentar uma decoração temática baseada em ícones cinematográficos, muita pipoca e surpresas inspiradas na sétima arte. O evento de moda acontece simultaneamente no Teatro Odisséia e no Bar Improviso, das 11h às 18h. Como dizem os organizadores, quem quiser pode adiantar as compras do Dia dos Namorados, com mais de mil peças de 50 estilistas, grifes independentes e artesãos cariocas.

Viva o brega

Vai ser uma homenagem à cultura brega. Odair José, Reginaldo Rossi, Agnaldo Timóteo e Falcão são apenas alguns nomes que serão lembrados na edição de junho do Sarau do Escritório, ‘Eu não sou cachorro não’. O brega vai ganhar as ruas da Lapa em atrações que vão da poesia ao circo, da música à comida artesanal, de performances a bingos e shows de calouros. Por isso, escolha o modelito, resgate as ombreiras, as gravatas floridas e se jogue nessa. Quinta-feira, 18 de junho, no Bar da Cachaça, Praça João Pessoa.

Confetes

Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, hoje, o Museu da Vida — espaço da Fiocruz que integra ciência, cultura e sociedade — preparou uma série de atividades culturais gratuitas. Tem oficina de brinquedos com sucatas, contação de histórias e passeio pelo campus da Fiocruz e pelo Horto.

Uma campanha começou a circular pelas redes sociais para arrecadar roupas para população de rua. É a The Street Store Rio de Janeiro, que tem data provável para 13 de julho e a Praça do Lido, em Copacabana, como local de entrega das doações. Voluntários podem enviar email para tssrj@cloudwebdigital.com.br.

O Regional Tocata do Rio convida para o evento ‘Choroterapia’, roda de choro na Lona Cultural de Jacarepaguá, na Av. Geremário Dantas, 466, Pechincha. É domingo, a partir de 9h30, entrada franca, com o cavaquinhista José Medeiros como convidado especial.

O cantor Nuno Neto estará novamente com o trio no Armazém Cardosão, em Laranjeiras, hoje à noite. Quem já foi sabe que é bem bacana para dançar e se divertir, sempre com a participação de músicos de primeira, amigos de Nuno. A partir de 20h30, com um couvert baratinho (só R$ 10).

Por Rita Fernandes

Últimas de Rio De Janeiro