Capitão do Exército é morto a tiros em favela de Jacarepaguá

Corpo de Eduardo Pinheiro de Oliveira foi encontrado em rua de acesso à comunidade Asa Branca na manhã deste sábado

Por O Dia

Rio - Capitão do Exército Brasileiro, Eduardo Pinheiro de Oliveira foi morto a tiros em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, na manhã deste sábado. Agentes da Divisão de Homicídios da Capital (DH) encontraram seu corpo em uma rua de acesso à comunidade Asa Branca, na manhã deste sábado.

De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), ele caminhava pela Rua Aroazes, quando foi atingido pelos disparos, que teriam sido efetuados por um veículo não identificado, que logo fugiu do local, entre as avenidas dos Bandeirantes e Embaixador Abelardo Bueno. Eduardo era capitão reformado e estava na reserva desde outubro de 2013. 

Moradores da região afirmam, no entanto, que o crime ocorreu na Rua Jaime Poggi. 

Um inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias da morte do militar. Já foi realizada uma perícia no local e familiares e testemunhas estão sendo chamados para prestar depoimento na especializada, que investiga o caso.

Últimas de Rio De Janeiro