Menores acusados da morte de médico na Lagoa participam de audiência na Justiça

Os três adolescentes, que teriam participado da morte de Jaime Gold, estão nesta tarde no Fórum da Leopoldina

Por O Dia

Rio - Os três menores acusados da morte do médico Jaime Gold, no último dia 19 de maio, participam na tarde desta segunda-feira de uma audiência de apresentação no Fórum Regional da Leopoldina, em Olaria, na Zona Norte. Além dos adolescentes, participam a juíza Michele Gouvêa Pestana, um promotor do Ministério Público e advogados.

Na chegada ao fórum, o representante do primeiro menor apreendido dois dias após o assassinato, o advogado Alberto Oliveira Junior, disse que desconhecia que os outros dois adolescentes participariam da audiência. Minutos depois, ele foi surpreendido ao descobrir que seu cliente também estava no fórum. Não está descartada uma acareação entre os três.

"Só sabíamos da audiência do segundo (menor), não fomos intimados para a audiência do terceiro. Caso esse terceiro seja apresentado, vamos pedir a anulação da sessão. Pois nem temos o depoimento dele", disse.

Os menores chegaram por volta das 13h ao fórum. Eles estavam numa van e foram direto para o prédio. O advogado voltou a negar que seu cliente tenha participado do crime na Lagoa Rodrigues de Freitas. "Esse terceiro (menor) é fundamental neste processo. Porque ele diz que o nosso cliente não estava no local, que nem participou. Nosso cliente jogava vídeo game com os amigos em Manguinhos", garante.

De acordo com Alberto Oliveira, seu cliente teria sido apontado como o autor do assassinato pelo segundo menor por conta de uma rixa entre moradores das comunidades de Manguinhos e Jacarezinho. "Nosso cliente é de Manguinhos e o segundo é do Jacarezinho. Não é que há uma rixa, porém não há uma relação boa entre alguns jovens dessas comunidades", afirma.

Últimas de Rio De Janeiro