Por adriano.araujo

Rio - Mais uma vez, um bando voltou a roubar uma moto com o auxílio de um carro em Santa Teresa. O novo caso, ocorrido no último dia 17 de maio na Rua Paula Matos, também foi registrado pelo circuito de câmera de um prédio. Apesar do mesmo modo de agir, no mesmo horário (madrugada) e o alvo do roubo ser scooters, a polícia descarta inicialmente a atuação de uma quadrilha no bairro.

O DIA Online mostrou em abril deste ano um vídeo de um circuito de câmera de um prédio da Rua Joaquim Murtinho que registrou o roubo de uma scooter de uma moradora de um prédio vizinho. Na ação, os criminosos utilizaram uma Fiat Doblò para levar a moto. Na ação do mês passado, apenas o veículo mudou: os bandidos colocam o produto do roubo em cima de uma picape branca. Antes disso, olharam outras motos paradas no local e levaram a que parecia não estar solta.

RELEMBRE O CASO: Ladrões usam carro para roubar moto em Santa Teresa

Segundo informações da 7ª DP (Santa Teresa), as investigações dos dois casos estão em andamento. Será feito o cruzamento das imagens dos dois roubos para tentar identificar criminosos que atuam em mais de um caso e confirmar a existência ou não de uma quadrilha. Inicialmente, a delegacia trata os casos como sendo "furtos e roubos praticados de maneira isolada e no oportunismo."

Vítima do primeiro roubo, quando levaram sua scooter Bee 50 amarela, Gisele Chaves precisou comprar outra moto para se locomover. Até agora, não há nenhuma solução ou pista para o paradeiro dos bandidos e sua scooter.

Em abril, uma scooter foi roubada também com o auxílio de um utilitário. Veículo ainda não foi recuperadoReprodução Vídeo

"Comprei outra do mesmo modelo e fiz seguro, não vou facilitar para perder de novo. Também estou prendendo ela com cadeado em um poste, na calçada do meu prédio. O correto seria prendê-la do outro lado da rua, mas o espaço destinado para motos sempre está cheio de carros", disse.

Ela ainda tem esperança de recuperar a sua scooter. "Pode ser que mais cedo ou mais tarde que ela apareça. Mas, por enquanto. nenhuma notícia. Recuperaram uma parecida, mas não era a minha", falou.

Dados do Instituto de Segurança Pública mostram um grande número de furtos na região da 7ª DP. Entre janeiro e abril deste ano, foram furtados 62 veículos na área que abrange a delegacia de Santa Teresa. No mesmo período, apenas 23 veículos foram recuperados.

Você pode gostar