Homem é morto na frente da filha de sete anos em assalto em Niterói

Carlos Jorge Honorato Calmon, de 33 anos, foi baleado na cabeça quando voltava de um parque de diversões

Por O Dia

Rio - Um homem foi assassinado com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto no Centro de Niterói, na noite deste domingo. Por volta das 21h30, Carlos Jorge Honorato Calmon, 33 anos, voltava de um parque com a mulher e filha de 7 anos quando foi abordado por dois menores armados na Rua Marechal Deodoro. Segundo informações do 12ºBPM (Niterói), ele acelerou o veículo e os criminosos realizaram disparos contra carro. Um dos tiros acabou atingindo o motorista.

Carlos Jorge Calmon estava acompanhado da esposa e a filha de 7 anos quando foi baleado durante tentativa de assalto em Niterói. Ele morreu no Hospital Azevedo LimaReprodução Facebook

Após ser baleado, Carlos Jorge perdeu o controle do carro que acabou batendo e derrubando um poste. Ele foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, mas não resistiu. Segundo a Polícia Militar, um adolescente de 16 anos, que teria participado do crime, foi apreendido no Terminal Rodoviário João Goulart. Ele responderá por latrocínio, que é roubo seguido de morte.

Taxista é esfaqueado durante tentativa de assalto no Fonseca

Segundo a Divisão de Homicídios (DH) de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí investiga o caso, outro menor envolvido no crime foi identificado e agentes estão em busca do paradeiro dele, além de diligências para conseguir imagens de câmeras de segurança.

Nos últimos três dias o município da Região Metropolitana vem registrando episódios violentos. O mais impactante aconteceu na sexta-feira, quando o taxista Marcio Antonio Mazzeto levou aproximadamente 15 golpes de faca no rosto durante tentativa de assalto. O caso aconteceu perto de um dos acessos ao Morro Juca Branco, no Fonseca. Ele segue internado no Hospital Azevedo Lima.

Últimas de Rio De Janeiro