SuperVia é autorizada a leiloar 97 trens

Segundo Secretaria de Transportes, objetivo de leilão é abrir espaço em pátio da concessionária para trens comprados da China. Valor arrecadado retornará aos cofres públicos

Por O Dia

Rio - Com datas das décadas de 60, 70 e 80, os 97 vagões da SuperVia que ocupam os pátios da Avenida Presidente Vargas, São Diogo e Deodoro serão leiloados. A Secretaria de Estado de Transportes (Setrans) autorizou, nesta terça-feira, a concessionária a fazer o leilão, que deve ocorrer até o final de julho. Segundo a secretaria, o valor arrecadado será revertido integralmente aos cofres públicos para reinvestimento no setor ferroviário.

SuperVia foi autorizada a leiloa 97 vagões antigos que estão fora de operaçãoDivulgação

O leilão foi forma encontrada pela secretaria para liberar espaço nos pátios da concessionária para as novas composições importadas da China pelo governo estadual. Além disso,  a retirada dos trens obsoletos e sem uso recupera espaço operacional tanto para manobras quanto para manutenção.

Já circulam na rede da SuperVia 66 dos 78 novos trens chineses que desembarcaram no Rio. Ao todo, o governo comprou 100 composições. Elas, com quatro carros cada, têm capacidade para transportar 1,2 mil passageiros. Antes de integrarem a frota da concessionária, as composições novas passam por testes de elétrica, pesagem, aceleração, entre outros, garante a Setrans.

Composições são das décadas de 60%2C 70 e 80Divulgação

Os trens chineses são equipados com ar-condicionado, passagem interna entre os carros, sistema de travamento de portas, circuito interno de segurança, bagageiros, interiores mais amplos e iluminados, além de painéis de LED.

“Da mesma maneira que fizemos com as composições antigas do pré-metrô, estamos dando destinação à frota de trens obsoletos e sem uso do sistema ferroviário. Com isso vamos reinvestir recursos do patrimônio público e ao mesmo tempo melhorar as condições operacionais da concessionária”, disse o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio.

Últimas de Rio De Janeiro