Polícia investiga suposta selfie de PM com baleado no Complexo do Alemão

Moradores afirmam que adolescente baleado foi morto ainda no local. UPP diz que ele morreu na UPA

Por O Dia

Rio - A Polícia Militar investiga uma imagem que circula nesta quinta-feira no Facebook. Na foto, um PM aparece de braços levantados a frente de um corpo no Complexo do Alemão. Moradores afirmam nas redes sociais que o policial fazia uma selfie com a vítima que ainda teria sido arrastada por becos da comunidade antes de ocorrer mais um disparo. No entanto, segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), não houve registro de morte em confronto na região no dia de hoje. A CPP afirma que um adolescente foi baleado em tiroteio, mas morreu em atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Alemão.

Foto causa polêmica nas redes sociaisReprodução Facebook

"Riem da desgraça alheia", escreveu uma jovem

"Essa tal "pacificação" que foi titulada como uma "ajuda aos moradores de comunidades", está mais para um exterminio deles", disse mais uma jovem no Facebook.

De acordo com o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Alemão, policiais da UPP foram recebidos a tiros por criminosos armados durante patrulhamento na localidade conhecida como ‘Largo da Pedra’, no final da manhã desta quinta-feira. Os agentes revidaram. Um adolescente foi baleado e socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Complexo do Alemão, mas não resistiu aos ferimentos. Uma pistola calibre 9mm foi apreendida. O caso foi registrado na 45ª DP (Alemão). O policiamento está reforçado na região. Um inquérito será instaurado para investigar a morte do rapaz.

Últimas de Rio De Janeiro