Presos por depredar Sindicato dos Comerciários são levados para Bangu

Chapa 1, com quase todas as urnas já apuradas, é a vencedora e vai assumir presidência da entidade

Por O Dia

Rio - Mais da metade dos presos por destruir o Sindicato dos Comerciários, no Centro do Rio, foram transferidos para presídios de Bangu, na Zona Oeste. Dos 202 detidos, 105 foram levados para o sistema penitenciário. De acordo com o delegado da 5ª DP (Mem de Sá), seis deles são menores de idade e serão encaminhados para unidades do Degase.

A eleição para a nova presidência ocorreu mesmo com o episódio violento na madrugada desta quarta-feira e já tem um vencedor: Márcio Ayer Correia Andrade, 30, anos, será o novo presidente do sindicato. Das 28 urnas, 24 já foram apuradas, dando larga vitória para a o candidato da Chapa 1 com 626 votos, seguida da Chapa 3, com 101 e da Chapa 2, que obteve apenas 43 votos, segundo a parcial divulgada às 11h40.

LEIA MAIS: Invasão ao Sindicato dos Comerciários acirra acusações de chapas

GALERIA: Mais de 200 pessoas são presas na sede do Sindicato dos Comerciários

Apesar da acusação da chapa ter o apoio do interventor José Carlos Nunes, Márcio não classifica isso como o motivo da vitória. "Isso não tem nada a ver, a vitória foi um trabalho de bastidores com o apoio da categoria." Ele disse que a nova gestão será marcada pela 'limpeza' da corrupção que viveu no sindicato nas últimas 50 décadas.

"Vamos construir um sindicato para os trabalhadores e apagar a corrupção que ficou 50 anos no poder. É importante que todo esse dinheiro roubado do bolso dos trabalhadores seja devolvidos. A principal luta será a ampliação dos benefícios, melhores condições de trabalho e a redução da jornada", disse.

Pessoas presas após ataque violento com bombas e outras armas na sede do Sindicato dos Comerciários. Ônibus que trouxe o grupo foi revistado pelos PMsOsvaldo Praddo / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro