Pelas Ruas: Sinhá, sinhô

Sarau Folclórico Popular de Chico será realizado pelo segundo ano em Rio das Ostras, pelo Quintal Ares de Santa

Por O Dia

Rio - Bora pegar a estrada! O Sarau Folclórico Popular de Chico, homenagem aos 71 anos do nosso “muso” cantor, será realizado pelo segundo ano em Rio das Ostras, pelo Quintal Ares de Santa. E vem com uma programação linda, inspirada na música ‘Sinhá’, de Chico e João Bosco, que fala do amor de um escravo pela sinhazinha. O destaque é o Banquete dos Cachorros, amanhã cedo, um ritual que Vó Maria fazia no Morro da Serrinha em louvor a São Lazáro/Homulu. À tarde, Jongo Paduano, Caxambu Dona Sebastiana II, Boi Pintadinho e Mineiro-Pau, grupos culturais de Santo Antônio de Pádua. Viva!!!

VIVA AS VOVÓS!

Elas são avós e estão entre 60 e 80 anos. Com seus vestidos floridos, vão dançar um samba de roda pra lá de arretado, daqueles que só a Bahia tem. São as “meninas” do grupo Vivavós (foto), criado em 2004 em Salvador. Hoje à noite elas se apresentam na Carnavália, no Centro de Convenções SulAmérica, com seus cantos e danças, e vão colocar todo mundo pra sambar.

As “meninas” do grupo Vivavós (foto)%2C criado em 2004 em SalvadorJoão Souza / Agência O DIA


MAR DE MÚSICA BOA

Lá vem o Mar de Música de novo, com noites imperdíveis. Agora é a festa junina com Cordão do Boitatá (foto) e Festa Vitrolinha, dia 26 de junho, às 18h, nos pilotis do Museu de Arte do Rio, Praça Mauá. O Boitatá todo mundo conhece: é o bloco delicioso da Praça XV que toca marchinhas. A Vitrolinha é a festa que difunde a cultura do vinil. O evento é gratuito, mas sujeito a lotação. Então tem que chegar cedo para conseguir entrar. Ou então curtir a festa ali do lado de fora mesmo, com a multidão que se aglomera nas calçadas do museu.

Festa vai contar com o Cordão do BoitatáGuito Moreto / Agência O DIA

PRA SE ACABAR

Pés-de-valsa, preparem-se! Por que vai ser um bailão. Com participação de Marcelo D2 e Carlinhos de Jesus, o Baile do Almeidinha comemora dia 26, no Circo, a gravação de seu primeiro disco, com músicas conhecidas do público nas memoráveis noites do Almeidinha. Também será lançado o site www.bailedoalmeidinha.com.br, com áudios, partituras, fotos e vídeos. O convite é baratinho (R$ 10) para quem chegar entre 21h e 22h, seja homem ou mulher


VER A CIDADE

Uma crônica circense do Rio de Janeiro, as curiosidades, belezas, agruras e angústias camufladas no cotidiano urbano. O espetáculo ‘VERaCIDADE’, com direção de Cláudio Baltar, faz um convite a se olhar a cidade de forma singular, contemplando aquilo que nos parece banal e que nos passa. Até 28 de junho, no Espaço Armazém, Fundição Progresso. A cenografia do espetáculo mistura, com o uso de projeções, elementos virtuais aos aparelhos circenses.

A AGÊNCIA DE REDES PARA JUVENTUDE, de Marcus Faustini, começa mais um ciclo de projetos. De agosto a dezembro, quer reunir jovens para criar ações que gerem impacto em seus territórios. Serão 18 projetos que receberão até R$ 10 mil cada. Inscrições pelo www.agenciarj.org

CONFETES

Vem aí, em agosto, o Dança em Trânsito, mostra idealizada pela coreógrafa Giselle Tápias. Além dos espaços fechados, as apresentações de companhias nacionais e internacionais serão levadas a praças e espaços públicos como Cinelândia, Copacabana, Ipanema e Vigário Geral.

Domingo, a partir das 13h, tem Feira das Yabás. O cantor Sombrinha, fundador do grupo Fundo de Quintal, é o convidado da roda de samba de Marquinhos de Oswaldo Cruz. O evento, na Praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, conta com barracas de comidas de origem africana-carioca como Tripa Lombeira, Feijoada e Vaca Atolada.

O Programão Carioca vai movimentar o Teatro do Sesc de Nova Iguaçu, amanhã, com teatro, cinema e atrações locais para população. A partir das 15h, o projeto exibe o filme ‘Entre Abelhas’, a peça ‘Despertando para sonhar’, e os curtas ‘O dia que a terra não acabou’ e ‘O que vai ser’. Tudo de graça.

A exposição ‘Picasso e a Modernidade Espanhola’, que reúne também obras de 37 artistas espanhóis, chega ao Rio. Ficará em cartaz no CCBB, de 24 de junho a 7 de setembro. Entre as obras de Pablo Picasso, destacam-se Cabeza de Mujer (1910), Busto y Paleta (1932), Retrato de Dora Maar (1939).

Coluna de Rita Fernandes

Últimas de Rio De Janeiro