Por felipe.martins

Rio - Procurador do Tribunal de Contas da União (TCU) que recomendou a rejeição das contas de 2014 de Dilma Rousseff, Júlio Marcelo de Oliveira é acusado por blogs petistas de ter defendido, na internet, o impeachment da presidenta.

Dia 5, Oliveira reproduziu, em seu perfil no Facebook, convocação para ato que pedia ao TCU a rejeição das contas. Postou também foto que mostrava Dilma, de bicicleta, diante de um lava jato. “Que foto hein? Que presença de espírito do fotógrafo! Clicar exatamente com um Lava Jato ao fundo!”, comentou.

Manifestação

Um blog também publicou foto em que Oliveira estaria, ao lado da mulher, Helena Letayf Farhat, e de dois amigos, em ato pelo impeachment de Dilma. O gabinete do procurador nega que ele esteja na foto e diz não saber se uma das mulheres é a esposa do procurador.

Ame-o ou deixe-o
Helena, porém, colocou a foto em seu perfil no Facebook, além de outras que mostravam o ato. Oliveira curtiu esta e outras imagens postadas pela mulher, entre elas a que mostrava um homem com o cartaz: “PT odeia o país. Impeachment Já! Ou... Brasil ame-o ou deixe-o”.

Repassa gastos 1

Com dificuldades de caixa, o governo do estado vai tentar repassar para a iniciativa privada gastos relacionados à Olimpíada, como compra de móveis para a Vila dos Atletas e aluguel de geradores de energia e de ônibus para delegações e jornalistas.

Repassa gastos 2

Para viabilizar a parceria, Pezão quer enviar hoje, para a Assembleia Legislativa, projeto que permite abatimento no ICMS das quantias que vierem a ser investidas pelas empresas. O valor a ser buscado no mercado ainda não foi definido, mas há estimativas que chegam a R$ 300 milhões.

Você pode gostar