Por tiago.frederico

Rio - Um vazamento em um oleoduto da Transpetro, empresa subsidiária da Petrobras, atingiu um córrego, na altura de Coroa Grande, distrito de Mangaratiba, na Costa Verde do estado do Rio, na manhã desta sexta-feira. Segundo a transportadora, equipes constataram uma suspeita de violação e tentativa de furto de combustível no oleoduto ORBIG, que liga o município de Angra dos Reis à Refinaria Duque de Caxias (Reduc), em Campos Elísios, distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Ainda segundo a Transpetro, o vazamento já foi contido e equipes de contingência da empresa estão no local, que fica próximo à Cachoeira de Itinguçu e à Estrada Rio-Santos, no acesso ao distrito de Itacuruçá, em Mangaratiba.

Bombeiros do quartel de Itaguaí também estão no local fazendo a prevenção. Equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) se deslocam para Mangaratiba para vistoriar o oleoduto e verificar possíveis impactos ambientais. Ainda de acordo com as informações, o vazamento, ocorrido após o rompimento de um registro da tubulação, teria atingido o mar de Itaguaí, porém este fato ainda não foi confirmado.

Procurada, a secretaria de Meio Ambiente informou que o vazamento de óleo no duto da Petrobras ocorreu às 9h30 desta sexta-feira entre as praias de Coroa Grande, município de Itaguaí, e Itacuruça, distrito de Mangaratiba. O órgão afirmou ainda que equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizam vistoria no local do acidente.

A secretaria disse ainda que "em virtude das condições meteorológicas não houve teto para sobrevoo na região", e que até o momento foram observados filmes de óleo próximo das praias de Coroa Grande e Itacuruça. O sistema de emergência da Transpetro foi acionado e peritos da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente(DPMA) estão a caminho do local. 

Você pode gostar