Jovem morre e outras três ficam feridas após tiroteio em São Gonçalo

De acordo com a polícia, Erick Maciel Fontes Neves, de 18 anos, teria envolvimento com o tráfico de drogas

Por O Dia

Rio - Um homem morreu e outras três pessoas, entre elas mãe e filho, foram baleadas na manhã deste sábado na Favela do Buraco do Boi, em Niterói. De acordo com a polícia, a vítima fatal, identificado como Erick Maciel Fontes Neves, de 18 anos, teria envolvimento com o tráfico de drogas na região, apesar de morar em Maricá. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí, São Gonçalo (DHNISG).

Testemunhas contaram que um carro, ainda não identificado, passou pela Rua Monsenhor Raeder e abriu fogo contra Erick, que foi alvejado na cabeça e nas pernas. No entanto, Alex Ramalho de Oliveira, de 42 anos, Janaína Gomes Costa, 39, e o filho dela Miguel Gomes Bahia, de um ano e quatro meses, foram atingidos pelos disparos. O neném estava no colo da mãe quando foi alvejado pelas balas perdidas.

Alex e Janaína. que tem passagens pela polícia por tráfico, foram socorridos pelos bombeiros para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca. Já o bebê foi levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, em São Gonçalo. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, os maiores seguem internados e o quadro clínico deles é estável. Já sobre o estado de saúde do bebê, a assessoria de imprensa informou estar aguardando resposta.

Peritos e o delegado Wilson Ferreira, da DHNISG, foram até o local do crime. Próximo ao corpo de Erick, que tem anotações por associação ao tráfico de drogas, foi encontrado uma bateria radiotransmissor e diversas munições. A principal hipótese investigada é acerto de contas, no entanto, os agentes ainda aguardam a liberação médica das vítimas para prestarem depoimento. Buscas por câmeras de segurança também serão feitas.

Últimas de Rio De Janeiro