Projetos propõem redução e isenção de pedágio na Linha Amarela

Propostas que tramitam na Câmara dos Vereadores alteram o sistema de cobrança de na via

Por paloma.savedra

Rio - Dois projetos de lei que tramitam na Câmara de Vereadores do Rio alteram o sistema de cobrança de pedágio na Linha Amarela. O mais recente é o do vereador Márcio Garcia (PR) e que propõe um desconto de 20% no preço do pedágio para os usuários do sistema de pagamento eletrônico.

"Além da economia, o pagamento eletrônico vai reduzir o tempo gasto no pedágio e, consequentemente, os engarrafamentos, uma vez que o motorista se sentirá estimulado a instalar o aparelho no carro", declarou o vereador.

Pelo projeto, a concessionária ficaria obrigada a conceder o desconto e dar publicidade às vantagens do sistema eletrônico.

Outro projeto que também tramita na Câmara, do vereador Eduardo Moura (PSC), assegura gratuidade no pedágio da Linha Amarela aos motoristas que passarem novamente pela via em até duas horas. Os dois vereadores iniciaram conversas para tentar unificar os projetos e facilitar a sua aprovação.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia