Por paulo.gomes

Rio - Após um ano e três meses no Complexo da Maré, na Zona Norte, a Força de Pacificação do Exército deixa nesta terça-feira o conjunto de favelas. A região passará a ser patrulhada apenas pela Polícia Militar, que já está no local desde abril, quando foi feita a primeira troca entre as tropas do Exército e da PM.

A mudança faz parte do processo de ocupação da Maré, que ganhará quatro Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). As bases e os postos avançados serão totalmente inauguradas até março. Uma já foi instalada na Praia de Ramos. A previsão é de que 1.700 PMs atuem nas 15 comunidades da região.

Você pode gostar