Homem é executado um dia depois do irmão, no Centro de Niterói

Vítima, Carlos Eduardo Tavares, 27, foi assassinado no dia seguinte ao irmão de 15 anos, João Vitor da Silva Tavares

Por O Dia

Rio - Executado na esquina das ruas XV de novembro e Dr. Borman, no Centro de Niterói, Região Metropolitana do Rio, por volta das 13h30 desta quinta-feira, Carlos Eduardo Tavares Filho, 27 anos, foi morto um dia após o irmão, João Vitor da Silva Tavares, ser assassinado. 

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios de Niterói (DHNSGI), um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte de Carlos Eduardo. A perícia de local foi realizada e o corpo encaminhado ao IML. Agentes estão em diligências na busca de imagens de câmeras de segurança e informações que ajudem a encontrar a autoria do crime. 

A Polícia Civil ainda investiga a possibilidade de haver relação entre os dois crimes. 

Multidão se aglomerou em volta do corpo do vítima. Agentes da DH de Niterói chegaram pouco depoisWhatsApp O DIA (98762-8248))

João Vitor da Silva Tavares, foi executado, na tarde desta quarta-feira, quando andava com outros dois amigos pela Rua Andrade Neves, no bairro de São Domingos. Um homem dentro de veículo modelo Xsara Picasso efetuou disparos contra o grupo.Todos os disparos atingiram apenas a vítima, que morreu no local.

O criminoso fugiu com outros dois que estavam dentro do carro, após efetuar os disparos. Ainda de acordo com a PM, o menor era oriundo do Morro do Estado, no Centro e que, uma rixa entre adolescentes de facções rivais poderia ter causado sua morte.

De acordo com informações da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNISG), as investigações estão em andamento para apurar a morte da vítima. Uma perícia foi realizada no local e testemunhas estão sendo ouvidas.

Com informações de Vinícius Amparo

Últimas de Rio De Janeiro