'Quero que ele apodreça na cadeia', diz mãe de menina violentada na Zona Norte

Motorista de transporte escolar foi preso nesta quinta-feira, no Alemão, acusado de estuprar uma garota de 5 anos

Por paulo.gomes

Rio - A mãe da menina de 5 anos que teria sido estuprada pelo motorista de van escolar preso nesta quinta-feira clama que a Justiça seja feita. Os policiais chegaram até o acusado, que mora na Rua Canitar, no Complexo do Alemão, após a responsável pela menina registrar queixa na Delegacia Criança e Adolescente Vítima (DCAV) no dia 24 do mês passado.

Segundo a polícia%2C o motorista de van escolar%2C preso nesta quinta-feira%2C no Complexo do Alemão%2C violentava a menina de 5 anos quando ficava sozinho com a vítima em casaReprodução / TV Globo

"Eu me sinto muito culpada, porque eu acreditei muito nele, eu confiei muito nele e ele abusou da minha filha. Agora a única coisa que eu quero realmente é que ele apodreça na cadeia e que não faça novas vítimas", disse ao RJTV.

LEIA MAIS: Homem é preso acusado de estuprar menina de 5 anos

A menina, segundo a mãe, vinha apresentando um comportamento diferente ultimamente. Foi então que ela desconfiou que algo estava acontecendo. "Ela começou a ficar agitada, pedia para ir na casa da avó e chorava muito. Mas como era só ela que reclamava e não os irmãos, eu achava que era manha. Eu só espero que a minha filha tenha sido a última (vítima)", afirma.

O homem de 52 anos nega as acusações. No entanto, segundo a Polícia Civil, ele praticava os abusos quando ficava sozinho com a criança. A esposa do acusado cuidava da vítima e ele o responsável de levá-la para a escola. O motorista também está sendo investigado em outro inquérito. Ele é suspeito de molestar outras duas meninas e os agentes apuram se houve mais vítimas.

Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juízo da 5ª Vara Criminal da Capital.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia