Jovem que estava desaparecida está em 'estado de choque', segundo o pai

Daniela Barbosa Batista deve passar por exames toxicológicos e será encaminhada a um hospital psiquiátrico

Por O Dia

Rio - O fim da angústia de um pai. Maurílio de Andrade Batista, que estava à procura da filha, Daniela Barbosa Batista, de 23 anos, que desapareceu no último domingo na Lapa, pôde, finalmente, respirar aliviado. A jovem foi encontrada na tarde desta terça-feira em Ipanema, suja e só com a roupa do corpo. De acordo com Maurílio, que veio de Botucatu, interior de São Paulo, a filha está em estado de choque e não quer a presença dele e de ninguém. 

"Esperança eu sempre tive. Acreditei que encontraria ela mais cedo ou mais tarde. Só tenho a agradecer a todos. Imprensa e polícia", disse Maurílio, visivelmente emocionado por ter encontrado a filha. O pai contou que não sabe se levará imediatamente a jovem de volta a Botucatu. Antes, ela será submetida a exame toxicológico e levada a um hospital especializado em psquiatria. Como informou o pai, a mãe de Daniela tem histórico de problemas psiquiátricos.  

Maurílio de Andrade Batista%2C pai de Daniela Barbosa%2C veio ao Rio procurar pela filhaReprodução Facebook

Desaparecido no mesmo dia em que a jovem sumiu, o carro de Daniela também foi encontrado, próximo ao local onde ela foi localizada, em Ipanema. A busca pela jovem também ocorreu por outros bairros da Zona Sul do Rio. 

Jovem que desapareceu na Lapa é encontrada em Ipanema, diz polícia

Aluna de pós-graduação da UFRJ está desaparecida após visitar a Lapa

Reportagem de Vinícius Amparo

Últimas de Rio De Janeiro