Operação da Polícia Ambiental apreende 93 balões em São Gonçalo

Além de materiais para a produção dos artefatos, os PMs encontraram animais silvestres e um motor de barco

Por O Dia

Rio - Dando continuidade a uma série de ações durante os meses em que são realizadas festas juninas, a Polícia Militar busca coibir a ação de baloeiros no estado. Só nesta terça-feira pela manhã, policiais da Comando de Polícia Ambiental (CPam) conseguiram apreender, ao todo, 93 balões e prender três pessoas em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Em um dos locais, os PMs também resgataram pássaros silvestres e apreenderam um motor de barco, segundo policiais usado para resgatar balões que caiam da Baía de Guanabara.

No primeiro imóvel, na Rua Cruzeiro do Sul, travessa D, número 48, no bairro do Gradim, foram encontrados 74 balões, 22 bandeiras, cinco quilos de parafina, quatro rolos de buchas, dez aros, 32 bocas de balão de diversos tamanhos, 402 lanternas, 15 bandejas para fogos e 165 bombas. Já na Rua Brás Costa, número 116, também no Gradim, foram apreendido 19 balões, seis bandeiras e 150 lanternas. Todo o material apreendido foi encaminhado à 73ª DP (Neves). 

PMs do Comando de Policiamento Ambiental apreende balões no bairro do Gradim na comunidade do Gato em São GonçaloFabio Gonçalves / Agência O Dia

Como informado pela PM, desde o dia 15 de Abril está em vigor a Campanha “Disque Balão”, do Linha Verde, protejo do Disque Denúncia que recebe denúncias sobre crimes ambientais, e, onde até Setembro, quem denunciar locais de soltura, confecção e comercialização de balões, além de grupos de baloeiros, pode receber recompensas que variam de R$ 300 a R$ 2 mil.

Apreensões também em Nilópolis

Nesta segunda-feira, equipes do Serviço de Inteligência do CPam aprenderam em Nilópolis materiais para fabricar balões. Foram encontradas buchas, ferragens para construção de bocas de balão e parafina.

Também foram resgatados dez pássaros da fauna silvestre que estavam no local. Uma pessoa foi conduzida à delegacia local para prestar esclarecimento. Crimes de transporte, produção e soltura de balões podem ser denunciados pelos telefones do Cpam 2334-7632 e Disque Denuncia 2253-1177.


Últimas de Rio De Janeiro