Delator do 'Mensalão', ex-deputado federal Roberto Jefferson é internado

Político foi internado no Hospital Samaritano, na Barra, nesta quinta-feira. Causas da internação e seu estado de saúde ainda são desconhecidos

Por O Dia

Rio - Delator do "Mensalão", o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), 62 anos, foi internado no Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. De acordo com a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), ele teve uma febre de 39ºC nesta quinta-feira, causada por uma bactéria ainda desconhecida.

"Ele tem o quadro de saúde considerado estável, está fazendo exames para saber qual é a bactéria, mas ele está bem", garantiu a filha do político.

Em maio deste ano, político deixou o sistema prisionalMauro Pimentel / Agência O Dia

Em maio deste ano, Jefferson foi libertado do Instituto Penal Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, onde estava preso, após autorização do ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele cumpre o restante de sua pena em regime aberto. Na época, ao deixar a prisão, o político disse estar "em paz" e declarou que não podia falar sobre política pois não queria voltar a ser preso.

Figura central em um dos maiores escândalos de corrupção no Brasil, Jefferson confessou participar do esquema do "Mensalão" e foi condenado a sete anos e 14 dias de prisão em regime semiaberto pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele começou a cumprir a pena em fevereiro de 2014, em Niterói. O julgamento de seus crimes no STF resultou na prisão de importantes líderes do PT, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-deputado federal José Genoíno e o ex-tesoureiro Delúbio Soares.

Últimas de Rio De Janeiro