Operação na Maré termina com dois homens presos

Um dos objetivos era prender seis traficantes envolvidos no assassinato do cabo do Exército Michel Augusto Mikami

Por O Dia

Rio - Doi homens foram presos e três menores apreendidos durante operação nesta sexta-feira no Complexo da Maré. Foi a primeira grande ação da Polícia Militar no conjunto de favelas após a saída do Exército, há duas semanas.

A operação foi da Coordenadoria de Inteligência da PM, e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público (MP), em parceria com o Setor de Inteligência do Exército e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MP (CSI).

Um dos objetivos era prender seis traficantes envolvidos no assassinato do cabo do Exército Michel Augusto Mikami, em 28 de novembro de 2014, mas nenhum deles foi capturado. Além das prisões, os policiais cumpriram 27 mandados de busca e apreensão, expedidos pela juíza da 36ª Vara Criminal, Simone Ferraz.

Houve troca de tiros na chegada dos policiais. Foram apreendidas uma arma, 528 cápsulas de cocaína, um carregador de fuzil, dois carregadores de pistola, três rádios transmissores, 12 baterias para rádio, quatro bases para carregadores, um carregador de fuzil, dois carregadores de pistola, além de 12 motos e um carro. A ação aconteceu nas comunidades Esperança, Vila do João, Salsa e Merengue, Vila dos Pinheiros, Morro do Timbau e Baixa do Sapateiro, dominadas pelo Terceiro Comando Puro (TCP).

Valdinei Sabino dos Santos era procurado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e tráfico de drogas, e Michael Ferreira de Lima, acusado de roubo qualificado e tentativa de homicídio. Eles foram presos e levados para a 21ª DP (Bonsucesso), assim como os menores e o material apreendido.

Os acusados de matar o militar são: Alexandre Ramos do Nascimento, o Pescador; Ernani de Souza, o Boldinho; Thiago da Silva Folly, TH; Rodrigo Vieira Viana, Travesso; Cesar Reis de Barros, o Tipo Assim; e Marcos Vinícius Soares Ribeiro, o Red Bull.

Últimas de Rio De Janeiro