Adolescente é baleado durante confronto no Complexo do Alemão

PM diz que jovem, atingido na perna, estava com criminosos quando foi alvejado. O menor foi levado à UPA da comunidade

Por O Dia

Rio - Um adolescente foi baleado na perna na tarde desta segunda-feira durante um confronto entre criminosos e policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Alemão, no complexo de favelas na Zona Norte da cidade. De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, o adolescente estava na companhia dos bandidos quando foi alvejado. Em seguida, foi socorrido pelos PMs para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Itararé. 

O tiroteio ocorreu na localidade conhecida como 'Largo da Torre'. Na ação, foram apreendidos dois rádios transmissores, uma pistola calibre 9mm e drogas ainda não contabilizadas. O caso está sendo registrado na 22ª DP (Penha).

PM é baleado

No dia 6, outro tiroteio deixou um policial militar da UPP da Fazendinha baleado. Ele foi atingido, mas feizmente foi salvo pelo colete, que segurou a bala. O agente ficou com um hematoma na costela. Traficantes também trocaram tiros na Cidade de Deus, na zona oeste, e houve tensão entre os moradores.

De acordo com o 16º BPM (Olaria), responsável pela região do Alemão, não houve nenhuma operação da PM no local, e sim um ataque orquestrado por traficantes contra agentes da UPP na localidade conhecida como Casinhas. É o segundo ataque a policiais do complexo de favelas em menos de 24h.

Pela manhã, policiais que faziam patrulhamento pelo Largo do Bulufa, na Grota, por volta das 8h, também foram alvos de bandidos. Outras UPPs do conjunto de favelas enviaram reforços ao local e houve confronto, mas os criminosos conseguiram fugir. Não há informações de feridos.

Na Cidade de Deus, o confronto ocorreu pouco antes das dez horas da noite, próximo ao bairro Araújo e à rua Edgard Werneck. De acordo com a PM, também não havia ação no momento dos disparos. Policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) informaram que havia um baile funk na comunidade do Coroado na hora dos tiros e que ninguém ficou ferido.

 

Últimas de Rio De Janeiro