Encerrada a busca por homem que teria sumido após saltar da Pedra da Gávea

'Após apuração detalhada da origem da solicitação, não foi confirmado o possível acidente', afirmou o Corpo de Bombeiros

Por O Dia

Rio - Bombeiros do Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente interromperam, na manhã desta segunda-feira, as buscas por um homem que teria se acidentado nas proximidades da Pedra da Gávea, no final da tarde do último domingo.

Os militares, as equipes terrestre e aérea realizaram varredura no possível local e nada foi encontrado. "Após apuração detalhada da origem da solicitação, não foi confirmado o possível acidente", afirmou a corporação, em nota.

Segundo os bombeiros, o homem que informou sobre o acidente "não tinha visto elementos suficientes que caracterizassem um acidente, além disso e a unidade não registrou qualquer relato de ausência de amigos ou de familiares de quem possa ter realizado o salto".

No fim de junho, o piloto do Clube São Conrado de Voo Livre, Ricardo Lopes Neto, de 40 anos, se envolveu em um incidente na Pedra da Gávea, Zona Sul do Rio. Ele teve que acionar o parapente reserva como procedimento de segurança durante o voo e caiu em área de difícil acesso. Ricardo sofreu escoriações com a e foi socorrido pelos bombeiros.

Em outubro do ano passado, um homem, identificado apenas como Robson, caiu na mata do Costão da Pedra da Gávea também após saltar de wingsuit. Os bombeiros do Quartel da Gávea estiveram no local, mas o homem foi embora antes que a equipe chegasse.

Últimas de Rio De Janeiro