Forças Especiais da PM voltam a fazer operação contra o tráfico em Angra

Policiais realizam novas prisões e apreensões nas comunidades da região dominada por criminosos

Por O Dia

Rio - Policiais do Comando de Operações Especiais da PM (COE) fazem na manhã desta sexta-feira, pelo segundo dia consecutivo, uma operação nas comunidades do Areal, Glória, Belém e Sapinhatuba, I, II e II, em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado. O objetivo é combater o tráfico de drogas que atua na região. Quatro pessoas foram presas e drogas, arma e dinheiro foram apreendidos.

Participam da operação policiais dos batalhões de Operações Especiais (Bope), de Choque (BPChq), de Ações com Cães (BAC) e o Grupamento Aéreo Móvel (GAM), com o apoio do 33º BPM (Angra dos Reis). Segundo o COE, Vanderlei Alves e Yago da Silva Barra foram presos por presos por associação ao tráfico. Já Edilio da Conceição João, de 23 anos, tinha um mandado de prisão em aberto por porte ilegal de arma. O Bope também informou a prisão de Lucas da Silva Souza, 19 anos.

Cão do BAC auxilia na operação em comunidades de Angra dos ReisDivulgação

Foram apreendidas oito trouxinhas de maconha, 66 pinos de cocaína, dois rádios transmissores, uma base de mesa para rádio, R$ 1.110 em espécie, uma pistola 9mm, dois carregadores e 26 munições. Os presos e o material apreendido foi levado para a 166ª DP (Angra dos Reis), onde o caso foi registrado.

Os policiais continuam atuando nas comunidades e distribuiem panfletos com os telefones para que a população local denunciem os criminosos que atuam na região.

Ontem, foi informada a prisão de dois homens durante a ação.Também foram apreendidos um fuzil 7.62, uma espingarda calibre 12, uma pistola calibre 9mm, munições de diversos calibres, sete carregadores para diversos calibres, 4.561 pinos de cocaína, um tablete prensado de maconha, 186 tabletes pequenos de maconha, 45 trouxinhas de maconha, um litro de cheirinho da loló, um coldre, uma balança digital, um triturador de maconha, um rádio transmissor, uma faca tática, dois coletes táticos e três sacos de material para endolação.

Os policiais também encontraram uma base de rádio e uma fonte de rádio, que os criminosos usavam para se comunicar entre si. Os presos e todo o material apreendido foi levado para a 166ª DP (Angra dos Reis), onde o caso está sendo registrado.

Ontem, grande quantidade de material foi apreendida durante operação em comunidade de Angra dos ReisDivulgação


Últimas de Rio De Janeiro