Licitação de novo operador do Teleférico do Alemão é adiada

Governo estadual alega que concorrentes entraram com recursos

Por O Dia

Rio - Os passageiros do Teleférico do Alemão podem continuar por mais tempo sem o transporte aos domingos e feriados. A licitação do serviço, que estava prevista para ocorrer nesta terça-feira, foi adiada, informou nesta segunda-feira a Secretaria Estadual de Transportes (Setrans). E ainda nem há data nova para o certame.

De acordo com a Setrans, a licitação foi adiada em razão de três recursos apresentados pelos participantes da concorrência que vai definir a empresa responsável pela administração, operação, manutenção e conservação do Teleférico do Alemão durante 36 meses.

“A Setrans informa que até o final desta semana a nova data para licitação será informada”, ressaltou o órgão em nota nesta segunda-feira.

De acordo com o comunicado, a operação do teleférico seguirá sendo realizada normalmente pela SuperVia, que continuará responsável pelo serviço até a assinatura do contrato com o vencedor da licitação. Ao todo, 12 empresas estão na disputa. Será contemplada a que oferecer o menor preço</CW><CW-15>.</CW>

No fim de junho, o Governo do estado e a Setrans renovaram o contrato de operação por mais dois meses a partir de 7 de julho. Na reunião, ficou decidido que, nesse período, o transporte continuaria sem funcionar aos domingos e feriados. A população também tem reclamado de longas filas e falta de funcionários. A SuperVia, contratada em 2011 sem licitação, já teve o contrato prorrogado cinco vezes.

O secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio, garantiu recentemente que não haverá mudança na tarifa, que custa R$ 1 para não moradores que utilizam RioCard, Bilhete Único, Vale-Transporte ou Cartão Expresso, e R$ 5 para quem paga na bilheteria.

Últimas de Rio De Janeiro