Base de UPP Camarista Méier sofre princípio de incêndio após ataque criminoso

Bandidos jogaram coquetel molotov que atingiu a lateral do contêiner. Fogo foi apagado rapidamente pelos PMs

Por O Dia

Rio - A base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista Méier, no Complexo do Lins, foi atacada no final da noite de domingo, por criminosos fortemente armados. Segundo informações do comando da UPP, a lateral do contêiner foi atingida por um coquetel molotov arremessado pelos bandidos, dando início a um princípio de incêndio, que foi rapidamente controlado pelos policiais.

O fogo atingiu a parte lateral do contêiner que serve como base para a UPP Camarista MéierReprodução / TV Globo

Antes, os PMs e traficantes haviam entrado em confronto na localidade conhecida como Boca do Mato. De acordo com a Polícia Militar, não há registro de feridos e o policiamento está reforçado por policiais de outras UPPs da região. O caso foi registrado na 26ªDP (Todos os Santos).

Na última quarta-feira, um intenso tiroteio já havia assustado os moradores da região. O confronto aconteceu na parte da tarde, durante patrulhamento de rotina dos PMs na localidade conhecida como Morro do Gambá. Na ocasião, ninguém ficou ferido.

Últimas de Rio De Janeiro