Polícia prende suspeito de esfaquear turista chilena na Glória

Lucas Santana, de 27 anos, negou que tenha cometido o crime em maio deste ano, na Praça Paris

Por O Dia

Turista chilena Izidora Carmona%2C de 32 anos%2C foi ferida no rosto com uma facada%3B ladrão lhe atacou na Praça Paris%2C na GlóriaDivulgação

Rio - Agentes da Delegacia Especial De Apoio Ao Turismo (DEAT) prenderam nesta segunda-feira o homem acusado de esfaquear uma turista chilena no mês de maio, na Glória. Contra Lucas Santana, de 27 anos, foi cumprido um mandado de prisão expedido pela 5ª Vara Criminal. Ele foi reconhecido por duas testemunhas que estavam perto da Praça Paris, quando Izidora Ribas Carmona, de 32 anos, foi agredida pelo suspeito.

De acordo com testemunhas, o suspeito chegou na praça cerca de 15 minutos antes da ação. Ele escolheu a vítima e anunciou o assalto. Após reagir, a turista foi esfaqueada no rosto pelo criminoso. Em seu depoimento na DEAT, Izidora contou que além de ter gritado por socorro e entrado em luta corporal com o homem, também chegou a ameaçá-lo, mas ele não se intimidou.

A estudante estava tomando sol no parque usando o seu tablet quando viu o criminoso se aproximar e começou a gritar. O homem saiu levando o tablet e o pen drive da turista, quando ela voltou a gritar. Em seguida, ele retornou e desferiu um golpe com faca de açougue no rosto da vítima.

A Praça Paris não é patrulhada pela Polícia Militar. A Guarda Municipal é responsável pela fiscalização e segurança da área. No entanto, a turista estava longe dos guardas quando foi assaltada e o criminoso fugiu com o aparelho e o pendrive da vítima e não foi alcançado por pedestres. Izidora estava com visto de estudante no Brasil e morava há dois anos no Rio.

Lucas Santana, que seria usuário de crack, negou o crime. Ele foi transferido para o Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Norte.

Últimas de Rio De Janeiro