Baleado, morador do Alemão não resiste a ferimento e morre em UPA

Wellington Marcelino da Costa, 20 anos, foi atingido durante uma troca de tiros entre criminosos e PMs, segundo a UPP

Por O Dia

Rio - A violência não dá trégua aos moradores do Complexo do Alemão. Mais uma pessoa morreu na tarde desta terça-feira após ser baleada durante uma troca de tiros entre policiais e criminosos no lugar conhecido como Areal. Segundo a polícia, o confronto aconteceu quando PMs avistaram homens armados.

Em nota, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora informou que os policiais foram recebidos a tiros e revidaram. Foi aí que Wellington Marcelino da Costa, de 20 anos foi baleado. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu aos ferimentos.

Os PMs prenderam em flagrante Agner Diss Santos, 19 anos, com um radiotransmissor e uma pistola 9 milímetros.O homem foi autuado por associação ao tráfico de drogas e a ocorrência foi registrada na 22ª DP (Penha).

A corporação informou que o policiamento foi reforçado na região. Além de PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Complexo Alemão, homens do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) também foram deslocados para o local. Segundo a Polícia Civil, as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias da morte da vítima.

Últimas de Rio De Janeiro