Polícia procura cliente que quebrou loja

Caso foi registrado e imagens de câmeras de segurança da loja e de estabelecimentos próximos já foram colhidas

Por O Dia

Rio - O homem que, em ataque de fúria, destruiu a vitrine de uma loja da Nextel na Barra, na segunda-feira, por suposto mau atendimento recebido, já é procurado pela polícia. Ontem, o gerente do estabelecimento e funcionários que presenciaram a ação de vandalismo estiveram na 16ª DP (Barra) para depoimentos.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o caso foi registrado e imagens de câmeras de segurança da loja e de estabelecimentos próximos já foram colhidas. Ontem mesmo, as diligências que buscam o autor da destruição foram iniciadas.

Às 14h, a loja depredada voltou a funcionar, mas teve a segurança reforçada. Procurada, a Nextel informou que lamenta o episódio e se colocou à disposição da polícia para contribuir com a investigação.

Últimas de Rio De Janeiro