Acusado de agredir ex em boate, Rafael Hermida é solto pela Justiça

Habeas corpus libera empresário do sistema prisional

Por O Dia

Rio - A desembargadora Adriana Lopes Moutinho, da 8ª Câmara Criminal, concedeu habeas corpus a Rafael Hermida às 13h desta quinta-feira. O empresário de 34 anos havia sido sido preso na última quinta-feira na casa de um amigo, no Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ele era considerado foragido da Justiça por suspeita de agredir a ex-noiva Carolina Mandin durante uma festa no Jockey Club, na Gávea, em junho deste ano. Além disso, Rafael também é acusado de agredir os cachorros dela.

LEIA MAIS: Rafael Hermida é preso em casa de amigo na Barra da Tijuca

O caso envolvendo Rafael Hermida é investigado pela 16ª DP (Barra da Tijuca). A agressão contra Carolinna teria ocorrido no último 12 de junho. Segundo consta no processo, Carolina foi segurada pelos pulsos e sacudida. Em seguida, caiu e chegou a perder a consciência. Três testemunhas confirmaram a versão dela. Uma delas, inclusive, contou à polícia que Rafael teria dito à ex-noiva: "Avisa a ela (Carolina) que vai ter revanche".

Rafael Hermida é acusado de agredir ex-noiva e os cachorros dela Reprodução Vídeo


Últimas de Rio De Janeiro