Por bianca.lobianco

Rio - Em meio ao cenário de dor e destruição, uma imagem santa com o intuito de levar esperança aos necessitados. Foi desta forma que os ocupantes da cracolândia da Avenida Brasil, na altura de Bonsucesso, receberam a visita da imagem peregrina da Virgem de Nazaré, na tarde de ontem. Era o segundo dia de peregrinação da sétima edição do Círio no Rio.

Com o tema ‘Caminhando com Maria, a Missionária da Esperança’, o Círio de Nazaré, que é uma das maiores manifestações religiosas em homenagem à Nossa Senhora, passou com a imagem vinda de Belém (PA) por bairros como Irajá, Freguesia, Anchieta e Bonsucesso.

D. Orani%2C cardeal arcebispo do Rio (centro)%2C participou de manifestação religiosa do Círio de Nazaré Gustavo de Oliveira / Agência O Dia


O trajeto organizado pela Arquidiocese do Rio fez com que cerca de 500 pessoas pudessem ver a imagem sagrada. Mas foi na cracolândia onde a emoção tomou conta dos fiéis que acompanharam as bênçãos dadas pelo Cardeal Arcebispo Dom Orani Tempesta.

“Que possamos proclamar a esperança mesmo com as rejeições que encontramos. Que pela presença da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré e nesse mês vocacional, sejamos , todos nós, vocacionados à santidade e, dessa forma, missionários da esperança”, conclamou o sacerdote.

Os devotos da Virgem de Nazaré poderão acompanhar as duas procissões que ocorrem hoje. A primeira na Avenida Atlântica, do Forte do Leme até a Avenida Princesa Isabel, às 10h, com a participação da cantora Fafá de Belém, e a segunda em Acari, às 17h. O evento de três dias na cidade faz parte das festividades do Círio de Nazaré, que ocorre tradicionalmente no segundo domingo de outubro, em Belém do Pará.

Você pode gostar