Rio passa na primeira prova para Olimpíada

Mudanças no trânsito funcionaram e evento-teste foi realizado com sucesso. Água do mar estava limpa

Por O Dia

Rio - O Rio passou na primeira prova do final de semana rumo à Olimpíada de 2016. As interdições e os reordenamentos no trânsito de Copacabana, assim como o policiamento da orla do bairro, funcionaram bem durante as competições de paratriatlo realizadas ontem. A superação dos atletas com necessidades especiais emocionou o público, que respondeu com aplausos a cada passagem.

Hoje é a vez dos competidores do triatlo mostrarem a que vieram e do planejamento para os Jogos Olímpicos provar eficiência com um aparato ainda maior de interdições e de público presente.

A disputa de ontem tinha um gostinho especial para os paratriatletas de 15 nacionalidades: o ranking final definiu pontos classificatórios para a Paralimpíada de 2016, no Rio. Pela primeira vez, a modalidade estará nos Jogos. As competições de ontem e de hoje fazem parte do calendário de 45 eventos-teste que serão promovidos na Cidade Maravilhosa até maio do ano que vem.

Ranking definiu classificados para a Paralimpíada de 2016. Paratriatletas de 15 nacionalidades concorreram Carlos Moraes / Agência O Dia

Verdadeiras lições de vida, a capacidade física dos paratletas fazia até mesmo com que aqueles que não têm qualquer deficiência se sentissem diminuídos. Após nadar 750 metros contra a correnteza, pedalar por seis quilômetros e nadar outros 2.500 metros, o inglês Andrew Lewis ainda tinha fôlego para rir daqueles que consideram portadores de necessidades especiais menos capazes.

“A maior das deficiências é o preconceito. Não tenho uma perna, mas compenso com o coração”, disse ele em meio a fotos e autógrafos.

No fim da tarde de ontem, os três melhores destaques das cinco categorias subiram ao pódio. Os Estados Unidos tiveram o maior número de representantes na classificação, com seis atletas. Competidores da França, Austrália, Alemanha e Canadá também garantiram medalhas.

Hoje, as provas de triatlo valem vaga nas Olimpíadas e contarão com a presença do atual campeão mundial, o britânico Alistair Brownlee. A largada feminina está marcada para 9h e a masculina, às 12h30. A competição começa com a natação, na altura do Forte, depois ciclismo, até a Lagoa e, por fim, a corrida, que vai acontecer na Avenida Atlântica.

Mais 13 ruas ficarão interditadas

Além da Avenida Atlântica, entre as ruas Francisco Otaviano e Santa Clara, outras 13 vias de Copacabana serão interditadas hoje, a partir das 7h. Parte da Avenida Epitácio Pessoa, entre Professor Gastão Bahiana e Avenida Henrique Dodsworthl, também será bloqueada ao trânsito.

Os veículos estão proibidos de circular das 7h às 10h30 e das 11h30 às 15h. As principais vias são: Rua Djalma Ulrich; Rua Gastão Bahiana; Avenida Henrique Dodsworth; Rua Presidente Afonso Lopes; Rua Percy Murray e Rua Miguel Lemos.

A previsão de liberação de todas as interdições é a partir das 18h. Ontem, a Avenida Nossa Senhora de Copacabana apresentou retenções, mas em toda extensão da via, havia painéis eletrônicos sinalizando os bloqueios aos motoristas. A CET-Rio disponibilizará hoje 170 controladores para orientar o trânsito.

Últimas de Rio De Janeiro