Ônibus é incendiado em São Gonçalo

Segundo moradores, a ação pode ter acontecido em represália à morte de um estudante durante um tiroteio no Pica Pau

Por O Dia

Aldilon Souza da Silva Júnior foi baleado em tiroteio na favela Pica PauWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - Um ônibus foi incendiado no final da noite deste domingo, na Avenida Doutor Albino Imparato, no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. A audácia e o ato de vandalismo de criminosos ocorreu em frente ao Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO). De acordo com informações de moradores, a ação pode ter acontecido em represália à morte de um estudante durante um tiroteio ocorrido na localidade conhecida como Pica Pau. A Polícia Militar ainda não confirmou o motivo do ataque ao ônibus.

De acordo com uma parente do rapaz baleado, identificado como Aldilon Souza da Silva Júnior, de 18 anos, o jovem era estudante. "Ele nem morava na comunidade. O Júnior saiu de casa para ir para um festival de pipa. De repente, de noitinha, chegou um rapaz lá, que a gente não conhece pra avisar que tinha acontecido um acidente com ele e que ele tinha sido socorrido para o Hospital Alberto Torres. A polícia chegou e teve um tiroteio. Ele correu, junto com tudo mundo, só que ele foi baleado", comentou uma parente, que não quis se identificar.

Ela disse ainda que Aldilon tinha se alistado no exército e queria seguir a carreira militar. "Estava feliz com isso", contou.

Segundo o motorista do ônibus, que não quis se identificar, ele voltava para a garagem, quando foi abordado por dois bandidos em motocicletas. Os criminosos deixaram ele pegar o dinheiro do caixa e descer. Logo depois, seguiram com o coletivo por cerca de 2 km, até o DPO. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNISG) investiga a morte do estudante.

Criminosos incendiaram coletivo em frente ao Destacamento de Policiamento Ostensivo%2C no Jardim CatarinaWhatsApp O DIA (98762-8248)


Últimas de Rio De Janeiro