Policial civil aposentado é morto em tentativa de assalto em Mesquita

Carlos Alberto Jorge Rodrigues, 72, ainda conseguiu balear Reinaldo Fernando Coelho, 44, que estava uniformizado de rodoviário. Ele acabou morto por comparsas do acusado

Por O Dia

Rio - O policial civil reformado Carlos Alberto Jorge Rodrigues, de 72 anos, morreu após ser baleado ao reagir a uma tentativa de assalto no bairro Vila Emil, em Mesquita, na Baixada Fluminense, no início da noite desta terça-feira. O local fica próximo a 53ª DP (Mesquita) e ao Cemitério Jardim da Saudade. Um dos criminosos estava trajando uniforme de rodoviário e foi baleado.

Carlos Alberto estava em seu carro e foi abordado pelo bandido uniformizado por volta das 18h30, na Rua Cândido Viana. Ao ser rendido, ele reagiu e baleou Reinaldo Fernando Coelho, de 44 anos, duas vezes no braço. O policial civil aposentado, no entanto, também foi atingido duas vezes no tórax. Os disparos teriam sido feitos por dois homens que estavam na cobertura do comparsa.

O policial ainda foi levado para o Hospital Nossa Senhora de Fátima, no Centro de Nova Iguaçu, mas não resistiu. O bandido está internado sob custódia no Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse. Não há informações sobre seu estado de saúde. A pistola calibre 380 que estava com ele foi apreendida.

Agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) periciaram o local e assumiram as investigações do caso.

Últimas de Rio De Janeiro