Acusado de homicídio na Paraíba é preso em Jacarepaguá

Polícia também investiga envolvimento de 'Pedrinho Curcino' com a milícia que atua na Gardênia Azul

Por O Dia

Pedro Jorge Martins GomesDivulgação

Rio - Agentes da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco/IE) prenderam, no início da manhã desta sexta-feira, Pedro Jorge Martins Gomes, conhecido como “Pedrinho Curcino”, no bairro Gardênia Azul, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

Contra ele, havia mandado de prisão pendente por homicídio qualificado, expedido em 2011 pela 1ª Vara Criminal de Patos, na Paraíba, por atirar com uma espingarda calibre 12 no rosto de um auditor fiscal, na época líder comunitário no estado. Após o crime, Pedrinho Curcino veio para o Rio de Janeiro e passou a morar na Gardênia Azul.

A especializada investiga também seu envolvimento com a milícia que atua na Gardênia Azul. Em 2009, foi deflagrada a Operação Perfume de Gardênia, em que foram presos os líderes da milícia de Gardênia Azul, incluindo o Vereador do Rio de Janeiro e bombeiro militar Cristiano Girão e o policial civil Wallace Robocop.

Últimas de Rio De Janeiro