Engenheiro atingido por bala perdida na Z. Norte é sepultado sob forte comoção

Cerca de 100 pessoas foram na tarde desta sexta-feira, ao Cemitério do Catumbi, para o enterro de Floriano Fernandes

Por O Dia

Rio - Cerca de 100 pessoas compareceram na tarde desta sexta-feira ao sepultamento do engenheiro Floriano Fernandes Barbosa Filho, de 49 anos, no Cemitério do Catumbi. Ele morreu na quinta-feira, ao ser atingido por uma bala perdida dentro de casa, em Quintino, durante um intenso tiroteio. Em estado de choque, os pais da vítima não quiseram conversar com os jornalistas. Um amigo de Floriano lamentou a morte violenta do engenheiro.

Vítima de bala perdida%2C o engenheiro Floriano Fernandes Barbosa Filho%2C de 49 anos%2C foi sepultado na tarde desta sexta-feira%2C no Cemitério do CatumbiUanderson Fernandes / Agência O Dia

"Recebemos a noticia da morte dele com muito pesar, muita tristeza. O Floriano era um cara muito competente, muito sério e responsável. Além disso era uma pessoa de muito bom coração", afirmou o engenheiro da UFRJ, Luiz Otávio Araújo.

"Perder um amigo da forma que aconteceu, precocemente, chocou a todos nós", completou o amigo de Floriano.

O engenheiro morreu na tarde de quinta-feira, atingido por uma bala perdida durante um confronto entre bandidos e policiais. Os criminosos foram flagrados por PMs do 9ºBPM (Rocha Miranda) deixando a Favela do Saçu. Além da residência de Floriano, outras casas e carros foram atingidos pelos tiros.

VEJA MAIS

Morador da Z. Norte morre após ser atingido por bala perdida dentro de casa

'Voltem, senão vão morrer', disseram moradores a PMs antes de confronto

Imagens podem ajudar a descobrir de onde partiu tiro que matou engenheiro

A Divisão de Homicídios (DH) da Capital tenta descobrir de onde partiu o tiro. Imagens de câmeras recolhidas pela especializada podem ajudar na investigação. As evidências apontariam que o tiro partiu da arma dos bandidos, mas uma perícia foi realizada na casa da vítima e na região. Somente o laudo da perícia vai confirmar de onde e de qual arma saiu o disparo. O resultado deve sair entre 20 a 30 dias.

Últimas de Rio De Janeiro