Suspeito é morto e dois são baleados em suposta invasão na Gardênia Azul

Segundo moradores, traficantes da Cidade de Deus queriam instalar bocas-de-fumo, expulsar e matar milicianos

Por O Dia

Rio - Um suspeito foi morto e outros dois foram baleados na Gardênia Azul, Zona Oeste do Rio, no início da noite desta quinta-feira. A polícia investiga a informação de que os crimes teriam ocorrido em decorrência de uma invasão de traficantes da Cidade de Deus ao bairro. A vítima fatal integraria a milícia que atua na comunidade.

De acordo com as informações do 18º BPM (Jacarepaguá), ainda na noite de quinta-feira, a confusão teria ocorrido durante desentendimento entre os envolvidos que culminou com uma troca de tiros. Já moradores nas redes sociais narram que um grupo armado de traficantes da Cidade de Deus invadiu a comunidade para instalar pontos de venda de drogas e matar e expulsar os milicianos.

Dois feridos foram socorridos no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Um deles chegou a ser transferido para uma outra unidade de saúde. Ainda não há informações sobre o estado de saúde e a identificação das três vítimas.

Além de informar sobre o ataque nas redes sociais, moradores alertavam parentes e amigos sobre o clima tenso na região. O comércio na Rua Menta, uma das principais da Gardênia Azul, teria sido fechado. Até o fim da noite o policiamento estava reforçado na região.

Últimas de Rio De Janeiro