Bandidos assaltam passageiros em um trem da SuperVia na Zona Norte do Rio

Pelo menos duas pessoas foram alvo de criminosos em Tomás Coelho. Composição seguia da Central para a Baixada

Por O Dia

Rio - Pelo menos duas pessoas foram assaltadas, por volta das 6h desta segunda-feira, dentro de um trem que seguia da Central do Brasil para Belford Roxo, quando a composição passava estação Tomás Coelho, na Zona Norte da cidade. O Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) foi acionado, mas os bandidos já haviam fugido quando os militares chegaram ao local. Não há registro de feridos e a circulação do ramal não foi afetada.

Segundo a Polícia Militar, as duas vítimas foram conduzidas por policiais do 3º BPM (Méier) até a 44ª DP (Inhaúma), onde o caso foi registrado. Há informações de que outras seis pessoas tenham ido ao local registrar queixa, porém a Polícia Civil ainda não se pronunciou.

A SuperVia disse que está à disposição das autoridades para auxiliar nas investigações. Em nota, lembrou que "a segurança pública no sistema ferroviário é atividade típica e exclusiva do Governo do Estado, que atua nas estações e trens por meio do GPFer (Grupamento de Policiamento Ferroviário)". Ainda de acordo com a concessionária, esta é uma das determinações do contrato de concessão.

No comunicado, a empresa reconheceu que a Secretaria Estadual de Segurança Pública tem auxiliado no reforço das rondas ao longo do sistema, porém criticou a extinção de um batalhão exclusivo da Polícia Militar atuando em todo sistema ferroviário. "Em todas as estações, a SuperVia opera com agentes de controle com o principal objetivo de informar, orientar e garantir o bem-estar e a integridade dos passageiros. Por se tratarem de agentes de controle, os mesmos não têm poder de polícia", disse a SuperVia, no documento.

Últimas de Rio De Janeiro