Troca de tiros bandidos e policiais assusta moradores de Quintino

Segundo a PM, bandidos atiraram contra viaturas, dando início ao confronto. Não há registro de feridos, prisões ou apreensões

Por O Dia

Rio - Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) realizaram uma operação na Favela do Saçu, em Quintino Bocaiuva, bairro da Zona Norte do Rio, na manhã desta quinta-feira. Nas redes sociais, moradores relataram um intenso tiroteio. Um internauta comparou o bairro que não possui favelas pacificadas com outro da Zona Norte que, embora tenha Unidade de Polícia Pacificadora, constantemente registra tiroteios: "Quintino tá pior que o Lins, faixa de Gaza mesmo".

Alguns atentaram para o horário do confronto, que começou logo no início da manhã: "despertador em Quintino hoje em dia é tiro", escreveu um usuário. "Acordando em Quintino do jeito mas clássico, com uns tirinhos", ironizou outro. Alguns cariocas disseram que vão evitar passar pelo bairro. "Geral falando que ta mo tiroteio lá em Quintino, eu que não apareço lá hoje", escreveu um usuário do Twitter.

A Polícia Militar explicou que "criminosos da região atiraram contra as viaturas e deram início a um confronto", no entanto, segundo a corporação, "a ação já foi encerrada e não há registro de prisão, apreensão nem feridos".

De acordo com a Faetec e com as secretarias estadual e municipal de Educação, o tiroteio não alterou o funcionamento das unidades de ensino no bairro. Todas funcionaram normalmente nesta manhã.

LEIA MAIS:

'Pior foi a cena do pai berrando por socorro', relata testemunha de tiroteio

Imagens podem ajudar a descobrir de onde partiu tiro que matou engenheiro

Engenheiro morto dentro de casa por bala perdida será enterrado nesta sexta

PM é baleado em tentativa de assalto na Zona Norte do Rio

PM é baleado onde Dom Orani foi assaltado em Quintino

A violência no bairro

Quintino é o bairro onde o engenheiro Floriano Fernandes Barbosa Filho, de 49 anos, foi atingido por uma bala perdida dentro de casa, em seu próprio quarto. Ele morreu no dia último dia 6 quando criminosos da Favela da Saçu entraram em confronto com policiais militares em plena Rua Clarimundo de Melo. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) tenta descobrir de onde partiu a bala que o atingiu.

No último dia 2, uma tentativa de assalto terminou com um policial militar baleado no bairro. Segundo o 9º BPM (Rocha Miranda), o agente, cuja identificação não foi divulgada, seguia com outros dois policiais em um carro para o 5º BPM (Praça da Harmonia), no Centro, onde trabalham, quando foram abordados e reagiram. Na ocasião, o carro de uma inspetora da Polícia Civil, que passava pelo local, foi roubado.

Em julho, um subtenente da Polícia Militar também ficou ferido em Quintino. Ele foi baleado no pescoço após ser abordado por bandidos que roubaram o Siena que ele dirigia, próximo ao viaduto do bairro. O local fica próximo de onde o carro em que estava o cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, e um casal foi levado por quatro homens armados, na noite do dia 5 daquele mês.

Últimas de Rio De Janeiro