Por paulo.gomes

Rio - Cerca de 350 policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (DRACO/IE) fazem na manhã desta sexta-feira uma megaoperação em 39 condomínios do programa "Minha Casa, Minha Vida". A ação, que conta com o apoio da Polícia Civil, do Ministério Público Estadual e da 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) da Corregedoria da Polícia Militar, tem como objetivo cumprir diversos mandados de busca e apreensão nos conjuntos habitacionais.

Agentes da Draco realizam operação em vários condomínios do programa 'Minha Casa%2C Minha Vida' na Zona OesteDivulgação

Os mandados estão sendo cumpridos nos bairros de Santa Cruz, Paciência, Sepetiba, Campo Grande, Cosmos, Inhoaíba, Senador Camará, Realengo e Santíssimo. Eles foram expedidos após investigação apontar que integrantes da "Liga da Justiça" estão atuando nos condomínios localizados na Zona Oeste.

De acordo com as investigações, os criminosos cobram taxas dos moradores por serviços clandestinos de segurança. Além disso, a quadrilha obriga a compra de cestas básicas por valores acima do mercado. Os milicianos também são acusados de esbulho de propriedades; parcelamento irregular do solo urbano; a exploração da distribuição ilícita de sinal de TV a cabo e internet; jogos de azar; prestação de serviços de transporte coletivo alternativo clandestino (vans e moto-táxis) e venda ilegal de botijões de gás.

Você pode gostar