Policiais apreendem espada ninja em comunidade de Acari

PMs fazem operação com o objetivo de prender possíveis sucessores do traficante Playboy

Por paulo.gomes

Rio - A Polícia Militar apreendeu uma espada ninja durante operação na Favela de Acari, Zona Norte, na manhã de sexta-feira. A arma, segundo os policiais, seria usada em torturas de rivais e até possíveis informantes dos militares, conhecidos como x-9. Os PMs ainda prenderam três suspeitos e encontraram uma pistola 9 mm, quatro facas, um simulacro de fuzil e drogas.

Uma espada ninja foi apreendida pela Polícia Militar na Favela de Acari%2C durante operação para prender sucessores do traficante PlayboySeverino Silva / Agência O Dia

A incursão, que começou às 6h, contou com 120 homens dos batalhões de Choque (BPChq) e Ações com Cães (BAC). O objetivo da PM era coibir o tráfico de drogas na comunidade, dominada pela facção Terceiro Comando Puro (TCP). O local é considerado como o maior entreposto de entorpecentes do Rio.

Além das armas, os PMs apreenderam ainda 11,5 kg de maconha, 315 tabletes da droga, 936 trouxinhas da erva, 375 sacolés de cocaína, dez carregadores de fuzil, 80 trouxinhas de skank, 878 munições de diversos calibres, uma granada, um silenciador de fuzil, dois coldres e dois rádios comunicadores. O caso foi registrado na 39ª DP (Pavuna).

VEJA MAIS

GALERIA: Polícia encontra espada ninja durante operação na Favela de Acari

Polícia Militar faz nova operação para tentar prender sucessores de Playboy

Jean Piloto postou foto de Playboy no Facebook minutos antes de ser baleado


Já na comunidade da Coreia, Vila Aliança, onde o TCP também controla a venda de drogas, policiais do 14º BPM (Bangu) prenderam um suspeito, de 19 anos, com uma pistola 9 mm, 798 pinos de cocaína, 485 tabletes de maconha e 99 trouxinhas de haxixe. “As ações em todas as comunidades da Vila Aliança vão continuar, de acordo com os nossos dados de inteligência”, afirmou o coronel Friederik Bassani, comandante do 14º BPM.

Devido a operação policial em Acari, três escolas, três creches e cinco Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) da rede municipal ficaram sem atendimento nesta sexta. Com isso, segundo a Secretaria Municipal de Educação, 2.783 alunos não tiveram aula. Já a Secretaria de Estado de Educação informou que o Colégio Estadual Jornalista Rodolfo Fernandes, na Pavuna, interrompeu suas atividades, prejudicando 400 estudantes.

QUADRILHA DE PLAYBOY

Os policiais dos batalhões de Choque e de Ações com Cães ainda realizaram uma incursão no Morro do Dezoito, área controlada pela facção Amigos dos Amigos (ADA), a mesma de Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, morto no sábado. No entanto, não houve prisões e apreensões. Já os policiais do 41º BPM (Irajá) ocuparam nesta sexta-feira à noite o Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho. A intenção é proibir a realização do baile funk na área, que ainda tem comparsas do Playboy.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia