Polícia prende traficante que ordenou ataques a ônibus em Del Castilho

Caio Eduardo dos Santos Abreu é gerente geral do tráfico na comunidade Bandeira 2. Outros envolvidos são procurados

Por O Dia

Rio - Apontado como o mandante dos ataques que incendiaram três ônibus na Avenida Dom Hélder Câmara, em Del Castilho, na Zona Norte, o traficante Caio Eduardo dos Santos Abreu, de 22 anos, foi preso na manhã desta terça-feira por policiais da 44ª DP (Inhaúma).

De acordo com a polícia, ele é o gerente geral do tráfico de drogas da comunidade Bandeira Dois, que fica na região onde os ônibus foram destruídos. Segundo delegado titular da 44ª DP, Roberto Ramos, contra o traficante foi cumprido um mandado de prisão por tráfico e associação para o tráfico. As investigações estão em andamento para tentar identificar outros envolvidos nos ataques.

Imagem mostra os dois ônibus em chamas no Viaduto de Del Castilho no sentido CascaduraSeguidor %40joub_lopes

Policiamento segue reforçado na região da comunidade Bandeira 2

Policiais do 3º BPM (Méier) seguem reforçando na manhã desta terça-feira o policiamento na comunidade Bandeira 2, em Del Castilho, na Zona Norte. Na segunda-feira, o local foi palco de um protesto após um morador da região ser baleado durante operação policial. Durante a manifestação, três ônibus foram incendiados. A PM afirma que ficará na comunidade por tempo indeterminado.

De acordo com informações das secretarias de Estado de Educação e Municipal de Educação, as escolas das redes públicas da região estão funcionando normalmente nesta terça-feira.

LEIA MAIS: Ônibus são incendiados na Avenida Dom Helder Câmara

Durante a ação dos policiais militares, houve confronto com traficantes e uma pessoa foi atingida e levada para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Na Bandeira 2 foram apreendidas 200 trouxinhas de maconha, 200 pedras de crack e 200 pinos de cocaína.

José Evanildo Borges, o homem atingido pelo tiro durante o confronto na comunidade, permanece internado no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele passa bem e seu estado de saúde é estável. Ontem, José Evanildo passou por uma cirurgia na unidade de saúde.

Últimas de Rio De Janeiro