Soldado de UPP é preso após anunciar venda de granada pelo Facebook

Lotado no Complexo do Alemão, Greick Rhudyson de Oliveira já vinha sendo investigado pela PM

Por O Dia

Rio - Um soldado da Polícia Militar foi preso nesta terça-feira, acusado de vender três granadas não-letais pelo Facebook. Greick Rhudyson de Oliveira Evangelista, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Alemão, anunciou os produtos no último sábado e era investigado pela 8ª Delegacia de Polícia Militar Judiciária (DPJM).

Granada foi anunciada pelo FacebookReprodução Internet

“Vendo (por) 300 cada uma ou aceito troca em telefone”, escreveu o policial na rede social. Ele anunciou as granadas no grupo ‘Venda e troca Santa Cruz da Serra (Duque de Caxias)’. O PM só foi localizado após agentes do Serviço Reservado (P-2) do Batalhão de Choque prenderem um rapaz que iria entregar as granadas a um comprador, que também será identificado.

Um procedimento para apurar o caso foi instaurado. A polícia quer saber onde o PM conseguiu o material.

Últimas de Rio De Janeiro