Três trens da SuperVia passaram sobre corpo na Estação de Madureira

Depoimento de sete funcionários da concessionária revelou fato novo nas investigações da Polícia Civil

Por O Dia

Rio - O depoimento de sete funcionários da SupeVia revelou que três trens passaram sobre o corpo do ambulante Adilio dos Santos, na estação de Madureira, Zona Norte do Rio. Imagens divulgadas no dia seguinte ao atropelamento mostram um trem passando sobre o corpo da vítima. O que não se sabia é que esta era apenas a última das composições a passar sobre ele.

De acordo com a 29ª DP (Madureira), o primeiro trem, que atropelou  a vítima, seguiu viagem. Um segundo trem teria passado em alta velocidade sobre o corpo. A polícia apura se não houve tempo para sinalizar sobre o homem caído na linha. O terceiro trem, que aparece no vídeo,  chegou a parar diante do corpo, mas recebeu o aval da SuperVia para passar sobre a vítima.

A concessionária, para justificar o fato, disse que o corpo não foi vilipendiado, porque havia "altura suficiente" para passar sobre o ambulante. A investigação da polícia pode incriminar a SuperVia e o gerente de operações. Procurada pela reportagem do DIA, a Supervia limitou-se a dizer que está "disponível para colaborar com as investigações".

 

Últimas de Rio De Janeiro