Homem é morto a tiros na Praia da Reserva

Crime aconteceu em frente a um dos quiosques da orla da Avenida Lúcio Costa e matadores teriam chegado atirando

Por O Dia

Rio - Um policial militar foi morto a tiros, na manhã desta quinta-feira, na Praia da Reserva, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. O crime aconteceu em frente a um dos quiosques da orla da Avenida Lúcio Costa e os matadores teriam chegado atirando na vítima, indicando uma execução. Carlos Eduardo da Conceição Gomes, seria genro do ex-PM Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, acusado de chefiar uma das milícias mais violentas do Rio, a Liga da Justiça, que age principalmente na Zona Oeste.

Bombeiros do Grupamento Marítimo (GMAR) da Barra foram acionados para tentar salvar o homem, mas ele morreu no local. A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) assumiu as investigações e os agentes estão procurando testemunhas que possam ajudar a desvendar o crime. As primeiras hipóteses dão conta que Carlos Eduardo estaria tentando galgar a hierarquia do grupo miliciano.

Ainda segundo a DH, a perícia de local foi realizada e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). 

Últimas de Rio De Janeiro