Número de roubos de rua cai no Rio

Instituto de Segurança Pública aponta aumento de roubo de carga e auto de resistência

Por O Dia

Rio - O Rio de Janeiro apresentou queda nos roubos de rua, de acordo com os números divulgados ontem pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).<CW10> Em julho de 2015, foram registrados 6.475 casos de roubos a pedestres, incluindo assaltos em ônibus e roubos de aparelhos celulares, contra 8.435 no mesmo mês de 2014. De janeiro a julho deste ano, foram 50.469 roubos de rua em todo o estado, o que representa uma queda de 10% em relação ao mesmo período do ano anterior</CW>.

As reduções mais significativas ocorreram na Baixada Fluminense: foram 3.412 roubos a menos no acumulado de janeiro a julho do ano anterior. Em seguida, veio a Grande Niterói, que concentra ainda Maricá e São Gonçalo, com 2.064 roubos a menos.

“A redução mostra que começamos a reverter a trajetória de aumento de roubos que observamos nos anos de 2013 e 2014. O maior desafio agora está na capital do estado, que registrou um aumento de 3,5% nos casos de roubo, ou mais 991 registros”, explicou a diretora do ISP, Joana Monteiro.

Um dos índices negativos apresentados pelo instituto foi o aumento do número de homicídios decorrentes de ação policial, também conhecido como auto de resistência, quando há confronto entre polícia e suspeito. Foram 57 casos de auto de resistência em julho de 2014, contra 61 em julho de 2015, um aumento de 7% no período. Outro aumento ocorreu em roubo de carga, que saltou de 442 para 542 comparando os meses de julho de 2015 e de 2014.

Últimas de Rio De Janeiro